Notícias

Ultramaratona Pata de Onça quebra recorde de inscritos

Mais de 650 atletas estão confirmados, entre eles competidores da Argentina e do Paraguai

Bastaram poucos minutos para que as inscrições para a sexta edição da Ultramaratona Pata de Onça quebrasse o recorde de participações. Com mais de 650 atletas confirmados, a prova reunirá em Nova Andradina competidores das mais diferentes regiões do Brasil, além de representantes do Paraguai e da Argentina. A organização estima que entre atletas, equipes e acompanhantes, a região deva receber cerca de 900 pessoas.

“São 50% a mais de inscritos em relação ao ano passado. Acredito que essa evolução se deve à organização e ao alto nível técnico presentes desde as primeiras edições, fatores que consolidam Nova Andradina no calendário das principais provas do mountain bike”, afirmou Walter Bernegozzi, presidente do Pata de Onça Bike Clube.

Fomento à economia
Além da visibilidade, o dirigente destacou o movimento econômico nos dois dias de evento. “Todos os hotéis estão praticamente lotados e os restaurantes já se preparam para atender a demanda. Para se ter uma ideia, em edições anteriores, tivemos ciclistas que dormiram em Nova Casa Verde e Ivinhema, em hotéis que ficavam a mais de 60 quilômetros do ponto de largada”, citou.

Com o crescimento da ultramaratona, novos apoiadores surgiram e, aqueles que acreditaram no projeto desde o início, ratificam a adesão ano após ano. É o caso da Federação de Ciclismo de MS, Gilmar Bicicletas, Matsuda e Prefeitura de Nova Andradina, por meio da Funael.

Ultramaratona reúne nata do ciclismo
De acordo com o presidente do Pata de Onça, a prova disputada em Nova Andradina “reúne a nata do ciclismo profissional nacional juntamente com atletas amadores do Brasil e do exterior”. Até então, a média de participação figurava em cerca de 400 atletas vindos de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, Santa Catarina e de países vizinhos, como Paraguai, Argentina e Bolívia.

“Sem dúvidas, é uma competição de mountain bike conhecida nacionalmente, e que tem contado com a participação de grandes nomes do ciclismo nacional, como Ricardo Pscheidt, Halysson Ferreira, Roberta Stopa, Rosinha, entre outros”, completou Bernegozzi.

A sexta edição da Ultramaratona Pata de Onça será disputada entre os dias 7 e 8 de setembro, em um trajeto de 250 quilômetros, passando por trilhas nas zonas rurais dos municípios de Nova Andradina, Batayporã e Taquarussu. Para mais informações, acesse: www.patadeonca.com.br.